Nem só de Fake News vive Bolsonaro, há também perfis reais que, em nome do "Messias" estão dispostos à cometer toda sorte de barbaridade e covardia em nome de seu líder, prometendo inclusive "mandar pra vala" (matar) por "amor" á ele. O que é lamentável! 

Porém, há sinais claros de que a pregação de ódio e violência feitas constantemente por Jair Messias Bolsonaro contra os pobres e os que são considerados seus oponentes, tem surtido efeito, levando pessoas ao fanatismo, como neste caso dessas imagens abaixo.


Um empresário, de nome Jader Berto Holanda Donato Junior, seria o responsável por um dos grupos intitulado OPRESSORES RN 17 no Whantsapp ligado ao candidato do PSL.

Jader Jr, conforme consta na imagem acima teria feito esse tipo de juramento ameaçador à supostos quatro moradores próximos de sua casa, em Natal, Rio Grande do Norte.

"E, quando a vitória se confirmar vou botar na vala uns 4. Certeza. Já tão marcado. Moram aqui perto de casa". conforme fala dele, que, pelo que consta acima, é portador do numero (84) 99468756, conforme print publicado.

Um outro usuário dentro do grupo, de nome Alecson, responsável pelo número (84) 99210251 diz

"Falando nisso, já tô com mais 4 parceiros pronto para domingo. Botar pressão nos pobres fudidos" configurando mais um tipo de ameaça certamente contra petistas tidos em sua grande maioria como pobres, por serem de esquerda, embora a mensagem não seja especificamente aos não votantes de Bolsonaro.

Em resposta ao Alecson, o Jader Jr (consta assim no grupo, conforme prints) diz que:

"Até por que, matar pobre ou bandido dá no mesmo (kkkk), vai tudo pra vala. Menos um bolsa família pra nos fuder".

Após a divulgação de suas falas nas redes sociais os donos dos números sumiram do Whatsapp, desativando suas contas imediatamente para não serem descobertos. Coloquei os números na agenda, atualizei para saber se eles ainda estavam com eles ativados, mas constou como se não mais existentes.

As falas acima são gravíssimas. Bolsonaro tem criado um exercito de possíveis assassinos, homicidas, dispostos à tudo e à todo ato de covardia contra qualquer outro ser humano que não apoie seu lado politico ou suas ideias fascistas.

Vários atos de covardia já foram e estão sendo cometidos em todo o Brasil, dando-nos sinais claros de que Bolsonaro tem feito acordar atos irracionais e violentos contra qualquer pessoa que não faça parte de seu exercito de loucos.

Com a promessa de armar aqueles que tiverem condições de comprar armas, Bolsonaro parece estar dando autorização à seus seguidores para cometerem toda sorte de crime, supostamente cientes de que estarão eternamente impunes.
Nesta quinta-feira (18/10), a assessoria jurídica da coligação O Povo Feliz de Novo entrou com ação de investigação eleitoral judicial junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra Jair Bolsonaro (PSL) por abuso de poder econômico e uso indevido dos veículos e meios de comunicação digital. O documento alega que há fortes indícios de que foram comprados pacotes de disparos em massa de mensagens contra o Partido dos Trabalhadores pelo WhatsApp, de acordo com reportagem publicada pelo jornal Folha de S.PauloA ação também abarca Luciano Hang e as empresas Havan, Quick Mobile Desenvolvimento e Serviços, Yacows Desenvolvimento de Software, Croc Services Soluções de Informática e SMSMarket Soluções Inteligentes. 


As compras dos pacotes de disparos foram todas realizadas por empresários abertamente apoiadores de Bolsonaro, entre os quais Luciano Hang, dono da Havan. Tais condutas revelam três tipos de crime eleitoral: doação de pessoa jurídica, utilização de perfis falsos para propaganda eleitoral e compra irregular de cadastros de usuários. Isso demonstra nítida prática de abuso de poder econômico para causar desequilíbrio nas eleições – como se pode comprovar pelas listas das dez maiores fake news no primeiro turno eleitoral, elaboradas pela agência de checagem de fatos Lupa. Todas as fake news da lista beneficiam Jair Bolsonaro.

“Inclusive, salta aos olhos a postura completamente suspeita da candidatura de Bolsonaro que, ao invés de buscar qualquer espécie de impedimento da disseminação dessas mentiras e boatos, principalmente junto ao WhatsApp, vai a público reclamar dos limites impostos pelo mencionado aplicativo de mensagens instantâneas que visam impedir a divulgação astronômica de desinformação“.

A ação pede a busca e apreensão de documentos na sede da Havan e na casa de Hang, além de solicitação de todos os seus registros contábeis; quebra de sigilo bancário, financeiro e telemático de Hang e das empresas Havan, Quick Mobile Desenvolvimento e Serviços, Yacows Desenvolvimento de Software, Croc Service Soluções de Informática e SMSMarket Soluções inteligentes e pede que a Justiça inste o WhatsApp a apresentar plano de contingência.

A petição requer que o TSE declare a ineligibilidade de Jair Bolsonaro por oito anos.

Veja a íntegra do documento.

Informações do site de LULA.
Visão da Comunidade Venâncio (imagem enviada por morador)
A comunidade Venâncio, um dos bairros recem entregues pelo Governo Federal em parceria com o Governo Estadual e Municipal, em Barreiros, é uma das que mais tem sido esquecida pelo poder público na cidade.

Uma das principais reclamações que eles tem, além da falta de segurança, refere-se á falta de água em suas torneiras. Há dias, segundo contam os moradores "que procura-se água para beber, tomar banho ou preparar comida e nada se encontra".

Eles tem procurado a COMPESA em Barreiros mas não conseguem resposta. Há informações até de que o Gerente desse setor há meses não tem colocado os pés por aqui, já que seria ele uma das principais pessoas à dar uma direção sobre o caso.

Moradores já procuraram o setor e em contato com alguns funcionários da COMPESA em Barreiros e a informação é de que, segundo eles dizem, não chegará água nas torneiras daquelas moradias por que a força geradora de energia da CELPE não fornece capacidade suficiente para gerar água para aqueles locais e, ainda segundo eles, com a presença do parque infantil em nossa cidade não há condições de subir água para aquelas torneiras, já que as bombas puxam muita energia.

Abandonados e sem água, moradores pretendem fazer protestos na BR para vê se conseguem chamar a atenção das autoridades para mais esse descaso para com eles.

Dona Jandira, moradora da comunidade, com 62 anos é uma das que sofre com a intensa falta dágua nas torneiras.

- "Tá dificil pra mim, minha gente. Tenho em casa oito pessoas, que moram comigo, além de netos que não estão nem indo para as escolas por que não temos como dar banho, por falta dágua. Quando será que esse povo vai olhar pra gente aqui, na Venâncio?" Diz dona Jandira, que impaciência diz "será que a gente vai ter que morrer de sede?"

Os bairros, que são chamados de PLATÔS, próximos á Comunidade Venâncio, estão sem água nas torneiras há quase duas semanas.

Os moradores, estão indignados já que receberam como resposta que só poderão ter água depois que o parque de diversões for embora, o que possibilitará que tenha força necessária para que as bombas gerem água suficiente para subir ás torneiras.

Segundo informações, moradores dos Platôs vizinhos, em pareceria com a Comunidade Venâncio já estão se mobilizando para fechar a BR que fica entre esses bairros em protesto para que alguma providência seja feita e a situação resolvida.
Você pode nem perceber, mas basta acessar o Whatsapp, Twitter, Instagram ou Facebook, essas gigantes das redes sociais, e encontrará mais de um milhão de informações online que alguém compartilhou em sua time line, ou que lhe marcou ou lhe enviou por algum aplicativo. Daí, como você conhece aquela pessoa que faz parte de teus contatos, ainda que não o tenha visto pessoalmente, mas ele ou ela fazem parte de teu "circulo" de amigos, nem checa aquela informação que eles acabam de publicar, e como se trata de algo contra seu candidato para as eleições deste ano, já repassa para no mínimo, umas vinte ou trinta pessoas de sua lista.

De grão em grão, a galinha enche o papo, assim fala ditado antigo. O que não deixa de ser uma grande verdade, principalmente em redes sociais.

Para que uma informação falsa seja disseminada leva-se pelo menos dez minutos. Basta que o "informante" tenha um celular nas mãos conectado à internet e todo o estrago que ele queira fazer na vida de outrem, ta feito.

Agora, imaginem um empresário, equipado com materiais, como celulares, laptops, computadores, com cerca de cem pessoas, trabalhando ativamente, dia e noite, revesando-se entre sí à partir de locais simples, como uma casa pequena, num bairro calmo de São Paulo, ou numa salinha apertada, num casebre lá pras bandas do sul ou do nordeste, recebendo em suas contas bancárias, transferências eletrônicas, a cada dois meses, para alimentar mentiras nas redes sociais para beneficiar determinado lado político, e prejudicar o outro lado com mentiras, aplicadas todos dias à partir de todos os meios disponíveis?

Você acha que isso não existe ou que não pode acontecer? Já sei, vai querer dizer que estou agora querendo falar de teorias da conspiração. Ou então, que estou louco, ou talvez, querendo forçar uma situação.


A priori eu digo que vocês devem acreditar no que quiser. É um direito que lhes cabe. Mas, devo apenas dizer que não acredito em teorias da conspiração! É bom que fique sabendo.

A realidade é que, políticos de todo mundo descobriram que as redes sociais (e eu já falava isso em 2012 nas eleições municipais) são verdadeiras disseminadoras de conteúdo, tendo mais força do que as emissoras de TV's ou jornais impressos. Tudo o que jogar nas mãos de um internauta ele imediatamente acredita que aquilo que lhe chegou é verdade, e sem consultar a fonte, espalha para seus contatos. Ainda mais se ele tiver algum tipo de sentimento contrário à um partido político, ou à pessoas que ele não goste, mesmo sem conhecer.

Qualquer mentira chega rápido à qualquer mão, já que aqueles que compartilham não tem nenhum compromisso com a verdade e não estão nem aí se aquele conteúdo vai beneficiar ou prejudicar alguém. Há quem diga até que "não tô nem aí, não é parente meu" num tom sarcástico que mostra qual o tipo de natureza aquele "ser humano" tem.

Por sua vez, empresários, espertos estão ganhando rios de dinheiro com esse tipo de "nova profissão", usando o marketing da mentira à altos custos para promover aqueles que lhes pagam bem e prejudicar da pior forma possível o adversário para que foi contratado para atuar.

A fofoca que antes era um produto gratuito, de cidade pequena, ou de bairro pobre, hoje é um tipo de serviço que dá muito dinheiro para quem se aventura por esse caminho. E tá dando tanto dinheiro que hoje no mercado há os profissionais que disseminam mentira e outros profissionais que estão atuando para descobrir a verdade por trás daquela informação falsa.

A fofoca tá tão sofisticada que saiu das "conversas de marias" para chamar-se Fake News. Ser fofoqueiro hoje é ser chic. Ser fofoqueiro, principalmente nos tempos das redes sociais é status para poucos. O fofoqueiro de hoje tá tão importante que desmentir uma de suas informações falsas já é considerada uma ofensa.

E é por isso que desde que os mentirosos descobriram as redes sociais e a facilidade de preparar um perfil em qualquer das redes sociais existentes, começou-se à alastrar os conhecidos perfis falsos.

Exemplo simples - O senhor João Francisco deixa de ser ele e passa à ser John Francis, ou qualquer outro nome que ele quiser ser na rede social de sua preferência. (E olha que esse é apenas um exemplo dos milhares que é visto por aí, todos os dias.) E, de posse de um perfil falso, usando imagens que não são dele, mas de pessoas famosas, ou de pessoas de outros estados, ou países, ele diz que D. Jandira, conhecida naquela comunidade deles, tida como uma mulher de bem na sociedade, cristã ou simplesmente uma cidadã, tem frequentado casas de Swing, e traído seu esposo, que nada sabe de suas escapadelas. Manda aquela "notícia" para um amigo do seu José Antônio, o "corneado". Esse amigo, não manda para o possível chifrudo, mas antes, resolve mostrar à vizinha dele, que frequenta a mesma igreja que a "traidora" frequenta, que passa pra mais um, pra mais outro, pra nove, dez, vinte pessoas e, rapidamente toda a cidade já está sabendo do "acontecido". Menos o casal em questão. Só depois que a desgraça tá feita que o caso finalmente chega ao conhecimento deles, que terminam por se separar por passarem à desconfiar um do outro. Tudo isso, graças à um simples clique no celular.

E olha que estou tratando aqui de um caso de fofoca de cidade pequena que, estilizada, usa hoje o Facebook para espalhar boatos.

No caso dos políticos eles estão deixando de lado as boas práticas do Marketing para usarem esse tipo de "marqueteiro" especialista em criar perfis falsos e produzir Fake News, espalhando mentiras dia e noite contra seus adversários. E, aqueles que mais mentirem mais recebem altas comissões.

Segundo especialistas em redes sociais a cada 100 usuários que usa a plataforma Facebook, por exemplo, cerca de 65 à 70% são perfis falsos (confira). E, ainda, segundo esses mesmos especialistas a maioria dos atuais perfis Fakes, descobertos, atuam para políticos desonestos que viram nessa nova onda de fofoca online uma maneira de se darem bem politiqueiramente falando. Tais usuários conseguem disseminar cerca de mil fake news em menos de 12 horas com o uso de Computadores, Laptops, Smartphones ou Tabletes, todos ligados à internet.

Como há candidatos dispostos à tudo pelo poder, a mentira é uma ferramenta "maravilhosa" de verem o circo pegar fogo, sem ter que colocar com as mãos dele a lenha ou combustível para que tudo se queime.
Beatriz Segall caiu quando andava nas calçadas do Rio de Janeiro, em Copacabana no ano de 2013
Todos os dias, como venho falando nesse blog os seguidores de Bolsonaro espalham mentiras, conhecidas como Fake News, nas redes sociais. São campeões nessa arte maliciosa, mostrando acima de tudo desespero ante opoentes políticos, não sabendo ganhar na marra uma eleição.

São verdadeiros covardes mentirosos.

Eles não polpam nem os mortos, usando de mentira, como é o caso com a atriz Beatriz Segall que morreu aos 92 anos, no dia 5 de setembro de 2018, dois dias antes das eleições de primeiro turno, mas que recentemente, agora no segundo turno, precisamente no dia 12 de Outubro, perfis ligados à Jair Messias Bolsonaro, postam e compartilham, à partir do Facebook e Whatsapp, uma falsa informação (mais uma), dessa vez dizendo que petistas teriam batido numa senhora.
A imagem, como podemos ver no topo dessa publicação, é de fato de uma senhora. Mas, no caso, ela é da atriz, Beatriz Segall, que, segundo reportagens do dia 24 de Julho de 2013 afirma que ela caiu, tento tropeçado numa das pedras da bela calçada de Copacabana. A atriz chegou, inclusive à culpar a prefeitura do Rio pelo acontecido.


A falta de escrúpulos dos seguidores de Bolsonaro, não tem limites. Mentem todos os dias, fazendo acusações falsas como esta acima. 

A atriz que eles usaram a foto nessa Fake News, faleceu no dia 05 setembro de 2018, aos 92 anos. E a imagem que eles postaram é do dia 24 de julho de 2013.


Ele e é um dos Vlogueiros (que faz vídeos) mais conhecidos do Youtube. Tem mais de 2,3 milhões de seguidores naquela plataforma. Chamou atenção com a frase Mas, Poxa Vida!, que é, por sinal. o mesmo nome do seu canal, com o qual conquistou milhões de fãs.
Por falar publicamente que não vota em Bolsonaro e optar pelo candidato do PT,
Fernando Haddad, tem recebido ameaças por conta de seu posicionamento político, principalmente nessa eleição de 2018, uma das mais perigosas, jamais vista.

Não é a toa que diversas notícias estão rolando em jornais, revistas e telejornais, informando sobre morte, espancamento, torturas e violência de todos os tipos, com maiores execuções, cerca de 90%, feitas por seguidores de Jair Messias Bolsonaro, principal pregador de ódio nessas eleições.

Abaixo segue um dos vídeos publicados por PC Siqueira, em seu canal Mas, poxa vida!

Confira e compartilhe com seus contatos nas suas redes para que mais pessoas fiquem alertas sobre o perigo que está sendo optar por um candidato de bandeira não fascista.


Uma onda de ex-votantes de Bolsonaro estão declarando por que não votarão mais nele, e agora no segundo turno, estão optando por Fernando Haddad, presidenciável do PT

Informações como essas estão se espalhando como uma febre á partir das redes sociais, com explicações sensatas do porque da mudança para Haddad.


Uns dizem, declaradamente, que estavam errados, como é o caso de Akyo Sandro Nascimento que usou sua conta no Facebook explicando, passo à passo, os motivos de sua mudança. Confira seu depoimento, abaixo.


Escrito por Akyo Sandro Nascimento - SIM! ESTE DA FOTO SOU EU! E ME ENGANEI FEIO !!! 

Bom que em Hebreus Cap. 12.6-7 diz: ”porque o Senhor corrige o que ama e açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois, então, bastardos e não filhos” já me alivia o peso nas costas.

A Palavra de Deus exorta os verdadeiros cristãos: “Portanto, tornai-vos imitadores de Deus, como filhos amados.” (Efésios 5:1) Essas palavras expressam de maneira maravilhosa a confiança que Deus tem em seus adoradores. Como assim? Deus criou o homem à Sua imagem, segundo a Sua semelhança (Gn 1:26-27). Isso quer dizer que Deus nos dotou com qualidades que refletem as que ele mesmo possui.

Se somos ou queremos ser imitadores do Pai então teremos que nos empenhar em justiça, pacificação, bondade, amor, perdão, etc… Pra tanto temos que Entendê-Lo, e a melhor forma é através da leitura da Palavra (Bíblia) essa que tem que ser nossa arma, nossa Espada. Na Palavra aprendemos que diante das dificuldades devemos dobrar os joelhos e orar. Assim que grandes homens foram ouvidos, atendidos e exaltados pelo Senhor. Não devemos exaltar homens, devemos exaltar à Deus. Em Mateus Cap. 7:16 diz que “Por seus frutos os conhecereis. Porventura, colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos?

Jesus nos ensina que somos imagem e semelhança dEle em caráter físico, mas fraquejamos quando não buscamos ser semelhantes à Ele também na alma, na essência.

Queridos quando pedimos para o Espírito Santo vir nos transformar Ele vem para alterar o que há de pior em nós substituindo com o melhor de Deus, o seu melhor. É o q você tá oferecendo as pessoas? Somos Cristãos, na igreja ao escutar a Palavra aprendemos que Deus nos ensina que para sermos bem aventurados temos que ser pacificadores, limpos de coração, misericordiosos, ter fome de justiça, sermos mansos. Sim está escrito também “bem-aventurados serão os que guardarem os meus caminhos (Pv.8:32), mas não seria mais justo fazer aquelas pessoas conhecerem a proposta de Deus antes de julgar alguém ?

Jesus não veio pra julgar, Ele mesmo disse isso. “Eu não vim para julgar o mundo. Mas para salvá-lo". (Jo 12;47). Não é nosso papel julgar alguém pelo seu livre arbítrio, se queremos que as pessoas escutem a Palavra do Nosso Salvador pois que passemos a Palavra verdadeira que é de paz e não de guerra contra o nosso próximo.

Ninguém vai aceitar nosso convite de ir à igreja ou de escutar a Palavra de paz se semearmos o contrário. A Palavra de Deus não é de exclusão mas sim de inclusão, de aceitação, de salvação. 

Aquele que é Cristão que prega algo sobre racismo, preconceito ou contra a condição afetiva de alguém, prolifera violência na ação da fala, no agir, pra mim essa não é a essência Cristã. É o que diz em Mateus Cap. 7:16Por seus frutos os conhecereis. Porventura, colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos?

Jair Messias Bolsonaro não pode nos representar como presidente. Não podemos compactuar com esse desrespeito ao nosso próximo; às mulheres negras ou de qualquer outra raça, aos homossexuais, aos nordestinos. 

Queridos, estamos lidando com pessoas. Estamos representando Jesus Cristo de forma cruel, triste e sem piedade. Estamos com sede de mudanças em nosso país, mas desmerecer/desprezar outros pela mesma busca que nós, isso nos torna semelhante à Cristo?

Vamos esclarecer alguns pontos aqui;

União homo-afetiva = Nosso país assegura leis para cada um de nós. Temos que entender o papel do Estado e o papel da igreja dentro desse parâmetro. A luta dos LGBT's entre o direito de ir e vir e tantos outros é pelo direito que o Estado assegura a todos, que é o casamento civil (que não tem nada haver com a igreja como prega o irmão em Cristo Jair Bolsonaro).

Sobre a prática homossexual não nos cabe julgar nem impor algo à essas pessoas quando elas fazem uso de seu livre arbítrio. O que podemos oferecer é respeito.

Kit Gay = Assim como o termo “cura gay” foi atribuído ao Pastor e Deputado Marco Feliciano (o que é mentira), é mentira também afirmar que a cartilha se trata em ensinar crianças sobre ter relações sexuais. A verdade é que o material mencionado tem conteúdo sobre educação sexual sim! E não o que Bolsonaro e sua equipe fazem você pensar.

A cartilha que Bolsonaro apresentou no jornal nacional existe e se chama “Aparelho Sexual e Cia” da escritora Francesa Hélène Bruller, ou seja, não é material do MEC e sim da escritora Francesa para promover a conscientização do conhecimento do corpo do menino e da menina, higiene pessoal etc…

O MEC nunca distribuiu esse material. Atente-se a um detalhe que eu pude perceber: “Bolsonaro foi à uma rede de televisão nos mostrar um material atribuindo-o ao Mec. Nos fez acreditar que era sobre incentivo à iniciação sexual de crianças. Isso é muito sério! Nós Cristãos não devemos mentir. Isso é um mandamento. 


Jair Bolsonaro mentiu. Leia: “João Cap. 8.44 "Vós tendes por pai ao diabo e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele foi homicida desde o princípio e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira.

Sobre o porte de arma = EntendaPORTE (Pressupõe que a arma de fogo esteja fora da residência ou local de trabalho

POSSE (Manter a arma no interior da residência)

No projeto de Bolsonoro é que o PORTE de arma seja liberado por lei.


É um projeto de campanha de Jair bem audacioso e perigoso. Todos nós clamamos por paz, justiça e segurança. A segurança é de direito nosso, tá na constituição. Qualquer presidente eleito terá que nos oferecer proteção, por isso não contemplemos a fúria, não alimentemos nossa sede de justiça por um projeto de lei que nos oferece mais perigo.

Quantos casos de pessoas tomadas pela fúria/ira por uma simples batida no carro (trânsito), discussão entre vizinhos ou entre professor e aluno por exemplo, nós conhecemos? Agora imaginem essas pessoas com o PORTE de sua arma? Cada um de nós temos filhos, pais, irmãos, esposa(o) e estórias de vida que não podem estar ameaçadas por qualquer situação banal que seja. O projeto de Jair pode incitar mais ainda a violência. Que ele apresente políticas públicas, projetos sociais ou qualquer outro meio de preservação à vida, e não ameaça.

Fascismo = Deixei esse assunto por último porque tudo o que foi dito acima é expressado com fidelidade nesse termo (Fascismo), é delicado falar porém é preciso. É bem simples, vou tentar resumir em poucas linhas; 

Fascismo é o movimento político, econômico e social. Dentre as principais características desse sistema estão a concentração total do poder em um único líder. Esse líder deve ser CULTUADO e pode tomar qualquer decisão sem consultar o restante da sociedade. Alguma semelhança ?

PS. Lembre-se de algo importantíssimo: Bolsonaro ainda não apresentou nenhum plano de economia para nosso país. Isso é estranho e perigoso. Não esqueça o que Fernando Collor nos fez quando passou por essa experiência de inexperiência, simplesmente “congelou” a poupança do brasileiro. Pois é eu tremi também.

PS. Muitos não sabem, mas recentemente tivemos a queda do dólar, onde muitos atribuíram essa queda à popularidade de Jair Bolsonaro o que na verdade recentemente também houve uma grande venda de ações do pré sal, o que voltou a aquecer o mercado de ações e consequentemente promoveu a baixa da moeda norte americana (dólar).

Grandes organismos internacionais lembram que Haddad mesmo sendo de esquerda é um cara conhecido no mercado e tem políticas moderadas, já o Jair Bolsonaro é um total estranho. A mídia não tem dado atenção a esse esclarecimento.


Compreenda agora o motivo pelo qual algumas pessoas desfazem amizades com outras aqui no face e na vida real: Elas não somente correm riscos de perder os direitos conquistados até agora, como tabém aqueles direitos básicos de ir e vir.

Talvez você pense que Jair não seja um ser violento, no momento ele está ocupado tentando conquistar sua confiança para se eleger, enquanto isso alguns de seus apoiadores já o estão fazendo, imaginem cada um com uma arma a seu porte?

Hoje mesmo li um depoimento em relação aos atos de violência que estão sendo cometidos por apoiadores de sua candidatura, onde Jair dizia; “agora um cara com uma camisa minha comete lá um excesso, o que eu tenho com isso?”… bom, é melhor não comentar…


Se você é Cristão sabe que Cristo curou e ainda cura muitas pessoas, prega mensagens de paz, Ele é o Próprio Deus Vivo, essa é a nossa essência quanto Cristão, é a Ele que precisamos imitar e não à homem nenhum.

Não vote neste homem! Um voto nele é expressão de concordância com tudo o que ele tem dito sobre o ser humano.

Vamos relembrar frases do “mito”?

Negro não serve nem pra procriar”.

O filho começa a ficar “meio” gayzinho, leva um coro ele muda o comportamento dele”.

Sou homofóbico sim! Com muito orgulho

Eu tenho 5 filhos. No quinto eu dei uma fraquejada porque nasceu mulher”.

Eu sou favorável à tortura, tu sabes disso”.

Deviam ter sido fuzilados uns 30 mil corruptos a começar por FHC”.

90% desses meninos adotados vão ser homossexuais e vão ser garotos de programa com toda certeza desse casal” (se referindo à adoção por casal gay)

Não é questão de gênero. Tem que botar quem dê conta do recado. Se botar as mulheres vou ter que indicar quantos afrodescendentes?

Não vou combater nem discriminar, mas, se eu vir dois homens se beijando na rua, vou bater

É de um presidente assim que você precisa? Não é problema de esquerda ou direita. Em outras eleições presidenciais nunca tivemos alguém de direita que expressasse tanto perigo para muitos. A questão aqui é a busca por um governo para todos. 


Estamos diante de dois candidatos à presidência e é preciso escolhermos um. Entre o candidato do PT que nunca foi a minha escolha e outro que representa iminente ameaça à vida como um todo. Escolho o 1°

Na Bíblia não tem fake news. A Palavra de Deus não pode ser questionada irmãos, vocês sabem disso. É bem contraditório eleger um presidente como Jair e ir a casa das pessoas evangelizar em nome de Jesus, falando às pessoas sobre o amor de Cristo apresentando alguém que oferece o oposto. Jesus ama os oprimidos!

Quando a Bíblia incentiva os Cristãos a ‘se tornarem imitadores de Deus’, é como se o Próprio Deus dissesse a eles: ‘Eu acredito em vocês. Sei que apesar de suas imperfeições vocês conseguem ser como Eu até certo ponto.’ É sobre esse “certo ponto” que estou aqui. Não se engane como eu!


Se você é Cristão Católico ou Evangélico/Protestante assim como eu então proteste pela vida, pelo respeito e pelo bem. Não anule seu voto! O ideal nesse momento seria votarmos em Haddad.

Se acaso aquele que escolhermos falhar, poderemos trocá-lo. Já o outro pode punir uma nação por nossa falha. 


Seu nome é Fabio Chaves e ele é adepto do veganismo e responsável pelo portal Vista-se, um dos mais importantes sites sobre veganismo da America Latina

Para saber mais sobre o que é ser vegano ou como se comporta um adepto do veganismo acesse aqui ou aqui e fique por dentro do assunto direto da fonte.

Abaixo temos um vídeo produzido pelo Fabio em que ele fala com propriedade por que votará em Haddad neste segundo turno, mesmo não sendo petista.

Importante observar que ele afirmou ter votado no primeiro turno em Maria Silva da REDE. Ele também explica por A + B suas razões de ter optado por ela.

Com uma linha de raciocínio muito interessante ele também fala de suas razões de não votar em Bolsonaro e por que optar por Fernando Haddad, candidato do PT para presidente da república.

Assista o vídeo abaixo ou se preferir (eu recomendo) vai até o canal do cara acessando diretamente aqui, se inscreve para receber videos dele com matérias interessantes sobre o mundo vegano.


Desde que o deputado em fim de carreira, Jair Messias Bolsonaro, se entende como pessoa púbica que ele descrimina o programa de redistribuição de renda que mais tem ajudado cidadãos e cidadãs na federação brasileira. De maneira agressiva e contínua ele diz que tal programa "é um crime" e ainda afirma que "bolsa família é coisa de vagabundo e desocupado". Basta acessar o Youtube ou fazer uma breve busca no Google que encontram-se várias e várias falas de Bolsonaro contra o Programa Bolsa Família. 



Agora, em período de segundo turno, hipocritamente, o candidato do PSL aparece com proposta de oferecer décimo terceiro para beneficiários desse programa que ele chama de "coisa de vagabundo e desocupado".


Claro que há quem acredite nas diatribes do cara. Mas, para quem foi agredido por ele sabe o tanto de hipocrisia há nas falas do ex-capitão, expulso do exército por prática de terrorismo.



Depois de tanto criticar o program do PT de beneficiamento para pessoas de baixa renda, programa esse que tem ajudado milhares de pessoas em todos os estados brasileiros, principalmente no nordeste, o candidato do PSL, vem à público, de maneira ridícula e totalmente hipócrita, oferecer um décimo terceiro salário, como estratégia para ganhar eleitores que são beneficiados por esse programa social, e que já foram diversas vezes chamados de vagabundos e desocupados, pelo deputado em fim de carreira.

Os vídeos publicados no Youtube, que trago para essa publicação, falam por si só, sem precisar de mais explicações de minha parte.

Nunca se falou tanto num tal de Kit Gay como nesses últimos tempos, por conta de um tipo de política suja que alguns candidatos tem usado em redes sociais e em rede nacional, à partir de canais particulares ou de TV's. Muitos religiosos e algumas pessoas desavisadas, tendem á "emprenhar pelos ouvidos", como dizia minha mãe, e só acreditar no que fulano diz, embora, tudo o que ele fale não tenha nada de verdadeiro. E por mais que você chegue aquela pessoa e tente mostrar o contrário, ainda assim eles dizem que o que o candidato deles falou é verdade e pronto. Fecham questão e não querem saber. É como se ridiculamente eles usassem um "cabriolé" que colocam-se nos burros para guiá-los para onde quiser, sem que eles olhem para o lado esquerdo ou direito. Seguindo apenas para onde é guiado.

Particularmente tenho encontrado muitos de meus amigos e contatos que dizem ser contra o Kit Gay ou contra os livros apresentados por Jair Bolsonaro, por que, segundo eles, tais livros ou tal "kit" estariam desvirtuando criancinhas que ao verem tais materiais possam ser tornarem gays. Será verdade isso?

Daí eu pergunto: você já leu os livros que o Bolsonaro fala? E as respostas de todos eles são que "Deus me livre de eu ler uma coisa dessas!", ou então falam: "na verdade eu nunca vi". E eu então pergunto: "como saber se tais livros é tudo isso mesmo que Bolsonaro diz ser?" e a resposta é única: "eu ouvi dizer que é, então é!". Ou seja, elas de fato, "emprenham pelos ouvidos", e são preguiçosas de mais para pegar um livro ou mesquinhas de mais para comprar e lê. Afinal de contas, à partir do momento que você lê, poderá mudar completamente sua noção sobre o julgamento de um livro pela capa.

E ainda tem o outro lado. Políticos desonestos não querem que você leia, por que sabem que lendo você se instrui. Como falou Jesus: "e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará". Não há interesse que você, teleguiado, conheça.Você poderá se libertar do jugo da ignorância (para não dizer, burrice).


Quando eu lhes pergunto o que é o Kit Gay, a resposta de todos eles é a mesma: "não sei". Há ainda outros que eu pergunto, você já leu a proposta desse tal Kit Gay, e eles falam sem pestanejar: "na verdade, eu nunca li, mas dizem que é muito ruim e que foi Haddad e o PT quem criou para destruir a família brasileira". 

Como teleguiados eles, igual papagaios, tendem à repetir as mesmas falas, dando sinais claros de que nada entendem sobre o assunto, embora, não se mostrem nenhum pouco interessados em saber o outro lado da versão. O que é lamentável.

Abaixo trago dez questões sobre o Kit Gay, citado por Silvia Amélia, Jornalista e socióloga, e ainda um vídeo bem explicado sobre o tal livro polêmico que Bolsonaro apresenta como "arma principal" contra a família brasileira, em suposta defesa às crianças de nosso país.

Não acredito que os seguidores de Bolsonaro vão ler essas linhas até o final, tão pouco os religiosos, que são pouco afeitos à uma segunda opinião. Mas, espero que você que se interessar, lendo, repasse à seus contatos, compartilhando essa publicação para que alguns possam ao menos se instruir sobre esse assunto tão polêmico e pouco conhecido.


O que você precisa saber sobre o ''Kit Gay'

1º) Nunca existiu algo chamado ''kit gay'' em nenhum governo.
 

2ª) Em 2011 foi encomendado e produzido um material chamado ''Escola sem homofobia''. Mas setores conservadores do Congresso protestaram e esse material NUNCA chegou a ser entregue nas escolas. Repetindo, não foi entregue, então tudo o que se diz que chegou até uma escola como sendo um ‘’ kit gay’’ do governo federal é mentira.

3º) Mas vamos entender melhor o que aconteceu, se tem alguma verdade nas Fake News sobre o assunto que todo mundo já recebeu. Fernando Haddad era Ministro da Educação no momento? Sim, ele era. Veio do MEC a ideia de produzir o material? Não. Foi a Comissão de Direitos Humanos da Câmara que fez a proposta e o Ministério Público que cobrou do MEC tomar a providencia. E então o MEC contratou uma ONG especializada no assunto para produzir o material.

4º) Agora vamos entender como isso virou um escândalo. Enquanto o material ainda estava na mesa do Haddad para a aprovação políticos conservadores como Magno Malta e Garotinho começaram a espalhar mentiras. Destacando: eles inventaram coisas sobre algo que eles não conheciam e não sabiam do que se tratava já que o material ainda estava em fase de aprovação.

Uma das primeiras estratégias foi pegar um material produzido pelo Ministério da Saúde para caminhoneiros e prostitutas sobre prevenção da AIDS e outras DSTS e espalhar que aquilo era o material do MEC para as escolas. Claro que a linguagem desse material do Ministério da Saúde era inadequada para crianças já que servia a outro propósito.

5º) Como essa história termina? No ano seguinte, quando Dilma assumiu a presidência, diante de toda a confusão, ela simplesmente vetou o material. Que nunca chegou a nenhuma escola.

6º) Mas novas mentiras sobre o que seria esse kit gay surgem a todo momento. O que acontece é que existem inúmeros materiais sobre educação sexual para crianças e adolescentes que são produzidos por editoras comerciais e vendidos em livrarias do Brasil e do mundo para os pais e as mães que quiserem comprar.

Só que pessoas mal intencionadas compram algum desses livros que consideram ''inadequados'' e fazem vídeos falando que aquele livro foi distribuído pelo governo num kit gay para crianças pequenas. Mas não foi. Repetindo, todos os materiais do projeto Escola sem Homofobia, devido à pressão conservadora, nunca foram levados até as escolas.

Importante destacar que o livro mostrado pelo Bolsonaro no Jornal Nacional NUNCA foi distribuído pelo MEC. O livro foi publicado no Brasil pela Companhia das Letras. Bolsonaro sabe que não se trata de material do MEC, ele já foi por diversas vezes alertado sobre isso. Ele mente porque sabe que funciona, sua popularidade aumenta a cada vez que ele se mostra indignado com algo que ele mesmo sabe que é mentira.

7º) Mas afinal de contas o que tinha nesse material Escola Sem Homofobia? Que ótimo que você se perguntou isso. Neste link você pode ver os três vídeos, a cartilha voltada para os professores e os materiais deste projeto que, lembrando, nunca chegou até as escolas. Leia, assista e tire suas conclusões.


8º) Se você pegar o material para analisar vai ver que ele não contém nenhum tipo de pornografia. Uma das mentiras divulgadas sobre ele é um desenho de dois adolescentes tendo relações sexuais. Isso é uma invenção maldosa, aquela ilustração jamais fez parte deste projeto.

9º) Esse material, que nunca chegou a se distribuído, era voltado para adolescentes e pré adolescentes, alunos de ensino médio e segunda etapa do fundamental, não para crianças pequenas, da educação infantil ou primeira etapa do fundamental (antigo primário). O objetivo era ensinar o respeito e combater a violência homofóbica muito comum nas escolas brasileiras.

10º) Os materiais do Escola sem Homofobia não tinha nenhum tipo de objeto erótico, nada de ‘‘mamadeira com bico em formato de pênis para ser distribuído para crianças de 6 anos alunas de creches’’. Gente, pelo amor de Deus, como vocês acreditam nisso? Crianças de 6 anos não usam mamadeira, não estudam em creches e NINGUÉM viu esse objeto em nenhuma escola ou creche do Brasil. Isso é uma das mentiras mais toscas já inventadas e infelizmente milhões de pessoas acreditaram.

Fora esses esclarecimentos, também queria dar uma dica. Desconfiem dos vídeos que recebem por whatsapp. Qualquer pessoa pode pegar qualquer livro vendido em livraria ou pela internet e se gravar folheando e falando que aquilo foi distribuído pelo governo, qualquer pessoa pode pegar um brinquedo erótico e falar que aquilo foi entregue nas escolas. Sem citar em qual escola, de qual cidade, e sem mostrar o próprio rosto ao fazer esta falsa denúncia.

Se você não gosta de mentiras, pesquise um pouco sobre as correntes que recebe para evitar repassar mentiras pra frente, nos seguintes sites:

www.aosfatos.org

Temos tanto a nos indignar em relação ao país, ao governo e aos problemas na educação, não vamos perder energia gritando contra o que não existe.

Por 
Silvia Amélia


O texto acima pertence à Silvia Amélia. Mas, aproveito ainda para trazer esse vídeo, super interessante publicado no dia seguinte à apresentação de Bolsonaro na TV Globo, no Jornal Nacional, quando o mesmo pretendeu fazer mais um de seus teatros em rede nacional, sendo como sempre, desmentido em cadeia nacional. Embora, haja uma pá de gente que diga que ele, naquele momento, "lascou a globo".

Segue o vídeo abaixo que merece toda atenção, se você pretende se instruir. Mas, se mesmo lendo o que leu acima e vendo o que viu no vídeo você ainda prefere continuar acreditando em mentiras e espelhando mentiras, sendo mais um mentiroso, passa à ser problema exclusivamente seu. Nossa parte estamos fazendo, que é esclarecer, na medida do possível.