Funcionários da limpeza prometem mais um protesto para amanhã e dizem paralisar serviços caso não saia pagamentos

No ultimo sábado dia 11 de outubro, pela manhã, os funcionários da empresa de limpeza, que está agregada à prefeitura, fizeram um protesto em frente a mesma, usando tonéis e lixos em busca de salários atrasados e não pagos a quase de três meses. Segundo eles, com a ausência, já esperada do prefeito, quem fez as "supostas negociações" foi o senhor João, segurança particular do prefeito, e que segundo informações, hoje estaria como chefe da nova guarda municipal. Ele por sua vez teria ligado para o prefeito Carlinhos e este teria prometido por telefone que na segunda feira o pagamento do pessoal sairia, sem falta.

Na segunda feira eles esperaram, e nada de salário em suas contas. Os funcionários da limpeza me informaram que o pagamento teria ficado para a terça, e na terça foi-lhes informado que na quarta feira sairia os tais valores, sem falta. Coisa que mais uma vez, não aconteceu.

No inicio da noite de quarta feira, alguns dos principais funcionários me procuraram seja por telefone e/ou pessoalmente e me contaram que não dava mais para esperar, e que amanhã, dia 16, pretendem armar um protesto com paralisação dos serviços até que seus valores sejam pagos.

Ao final da noite, encontrei o senhor Claudio, conhecido como Cau de Gibinho, e o mesmo que trabalha no administrativo da prefeitura me informou que os salários dos mesmos já teriam sido liberados na virada da terça para a quarta feira, mas que alguns dos funcionários não teriam recebido uma vez que o pagamento foi feito via Banco Bradesco (não era Santander?) e a maioria dos funcionários recebem por conta poupança pela Caixa Econômica Federal.

Cau de Gibinho diz lamentar os transtornos, mas como todo funcionário, recebe ordens e não pode fazer muita coisa se os seus superiores não derem as ordens devidas. O que por sinal, não deixa de ser compreensível, afinal de contas, tem um ditado que diz que "manda quem pode, obedece quem tem juízo".

Resta agora saber se esse salário sairá amanhã mesmo, ou não...

Como os guardas municipais já estão cientes do possível protesto de amanhã, já que um outro site tomou a liberdade de anunciar um possível protesto na BR, estamos sabendo que a guarda municipal estaria fazendo uma "visita ao pessoal" que se prepararem para tal ação. Com que fim? Não posso afirmar...

Estes mesmos funcionários, porém, dizem que querem receber todos os meses atrasados que até então, não foram pagos, e que se esta semana não saírem completo, que a população barreirense se prepare para acúmulo de lixo nas ruas, já que não pretendem sair para trabalhar sem receber.

Acessem e relembrem

Protesto em frente à prefeitura municipal de Barreiros por atraso em pagamento, servidores da limpeza da cidade cobram quase três meses de salários atrasados.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ed Soares - Opinião para quem tem opinião!