Meu Pernambuco da Esquerda, por Dayveson Mendes

Pernambuco, historicamente, sempre foi um estado que teve como preferência a esquerda; a solidariedade ao povo. E eu não me refiro a 10, 15 anos atrás, não, a esquerda vive desde os anos 60's, com o Movimento de Cultura Popular (MCP) criado no governo Miguel Arraes.
Infelizmente, sempre tem um perverso na família, que quer dissipar de tudo, eis Eduardo Campos, que trocou todo um legado (de seu avó, que lutava pelos pobres) por dinheiro e poder. Mas, as raízes da esquerda pernambucana não foram arrancadas, apesar da influência coronelista do falecido.

Pernambuco é rubro (...) Isso não é um esteriótipo! Isso é uma identidade! Sempre foi! Porque já fomos oprimidos um dia. E a bandeira estiada, que combateu essa opressão, foi a encarnada. A bandeira da igualdade; a bandeira que deu oportunidade aos pobres; a bandeira da liberdade.

Dayveson Mendes é pernambucano da cidade de Barreiros.