Prefeito Carlinhos não disponibilizou ônibus nem veículos para a área rural já que, segundo ele, eleitores dessa região votam em Dilma

Infelizmente no dia de hoje, dia de votação para presidente da república no segundo turno o atual prefeito de Barreiros, Carlinhos da Pedreira, comete um dos piores erros que se pode pensar em se falando de administração publica em dia de eleição.

Com diversos ônibus agregados, mesmo com as condições destes e de não pagamento correto para os donos dos ônibus, o prefeito tomou a posição de não colocar veículos para a região rural para transporte dos eleitores daquela região.

O motivo? Segundo a opinião dele, a maioria dos eleitores da zona rural de Barreiros são eleitores natos de Dilma Rousseff. Portanto, com os votos deles Aécio Neves corre o risco de ter uma votação pequena na cidade de Barreiros.

Ainda na manhã de hoje a secretária de turismo já tinha dito que os eleitores de Dilma são burrinhos. O que por si só, já mostra como eles tratam não apenas os eleitores de Barreiros, como ainda os demais da zona rural.

Já o Padre Jose Gusmão, em missa celebrada ontem na igreja, indignado com o prefeito por esta atitude, pediu gentilmente aos amigos, conhecidos e fiés de sua paroquia que, aos que pudessem, colocassem seus carros à disposição para ajudar no transporte destes eleitores da zona rural.

Portanto, se por um acaso, ao final da votação de hoje acontecer um numero expressivo de abstenções, uma grande maioria pode ser oriunda pelo boicote do prefeito. à este eleitorado.

Já no primeiro turno tanto ônibus da prefeitura quanto carros particulares estavam disponíveis para estes eleitores.

O que aconteceu para essa tentativa de boicote por parte do prefeito?

Ainda assim eleitores de Duas Barras, Linda Flor, Bom Jardim e outras regiões fizeram questão de enfrentar quilômetros de distância para exercer seu direito de cidadão.

O prefeito, no entanto, mais uma vez, só tem à perder com atitudes como esta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ed Soares - Opinião para quem tem opinião!