Não ao apoio do PT aos golpistas na eleição ao governo de Pernambuco e sim a candidatura de Marília Arraes

Marília Arraes pré-candidata ao Governo de Pernambuco
Garantir eleições democráticas; defender Lula e o seu direito de ser candidato; retomar um governo popular capaz de derrotar o golpe que retira os direitos dos trabalhadores e massacra o povo brasileiro. Confrontar o conservadorismo e a intolerância - que se reproduzem fertilmente neste ambiente - e retomar o projeto democrático e popular no Brasil. 

E construir um novo rumo para o Estado de Pernambuco. A inércia deste governo tem levado nosso Estado a um desemprego maior do que a média nacional e a alarmantes e amedrontadores índices de violência, cujas maiores vítimas são as mulheres e a juventude. E a graves problemas de abastecimento de água, que têm deixado as pessoas sem esse bem precioso para a vida. Estes são somente exemplos. 
Pernambuco precisa de um novo rumo São muitos os desafios a enfrentar em 2018.
O PT acertou ao decidir, por unanimidade, oferecer ao povo pernambucano uma candidatura própria como alternativa de esquerda e de oposição, alinhada com Lula, para enfrentar o golpe e os seus retrocessos tanto no Brasil quanto em Pernambuco. Uma alternativa construída em conjunto com as forças populares para disputar o governo de Pernambuco em 2018. Esta disposição de luta é o ponto de partida que unificou o partido na direção e na base partidária. Os diretórios municipais, os setoriais, prefeitos e parlamentares, assim como vários movimentos sociais têm se reanimado, reenergizado e apostado nesta candidatura do PT. Diferentes setores entenderam que o PT deve assumir a tarefa de construir uma chapa majoritária que defenda o programa das classes populares em Pernambuco e no Brasil. 

Por isso apresentamos a companheira Marília Arraes, vereadora do Recife, como pré-candidata ao governo de Pernambuco. Uma companheira jovem que representa a renovação pela esquerda da política pernambucana, com disposição e disponibilidade para assumir a linha de frente da oposição aos governos do PSB e Temer. Marília Arraes mantém relação estreita com os movimentos sociais e está sempre ao lado de quem está na luta. É firme no combate ao golpe, na defesa de Lula, e está decidida a enfrentar uma dura eleição como uma porta-voz do projeto democrático-popular. 

Uma alternativa eleitoral que aglutina os lutadores sociais, sinaliza para a construção do campo de esquerda no estado e renova as esperanças do povo pernambucano para eleger Lula presidente, parlamentares comprometidos com as causas populares e dar um rumo diferente ao nosso Estado. 

O PT é grande, assim como grande é a sua militância e acreditamos que defender o nome de Marília Arraes. é defender um projeto democrático e popular para Pernambuco.

Militância Petista de Pernambuco 

2 comentários:

  1. Parabéns pela matéria. Mais que política partidária é um prestação de serviço social ao alertar a sociedade para os riscos nas escolhas de seus destinos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por sua visita e participação, campeão!

      Excluir

Ed Soares - Opinião para quem tem opinião!